E aí? Entrego as chaves ou tranco a porta (de novo)?

Sem título

Assim como tantas outras pessoas, ela foi ferida. Tadinha!

Assim como muitas outras pessoas, ela se trancou para o resto do mundo. Toda covarde.

Quando deixava que alguém se aproximasse, não dava espaço para mais do que algumas casualidades. “Nada de compromisso sério. Não quero.” Capa protetora, sentimentos afogados. Medos (muitos).

Às vezes, ela até achava aquilo errado. Fugir? Não deve ser mesmo certo.

As notificações no celular eram inúmeras, tantos queriam uma chance, sabe? Uma chance de acordar no domingo dela. E ela não tava nem aí. Meia duzia de palavras por educação e só. Deixava pra lá. “Era só mais um cara”.

Muita gente não entendia porque ela insistia em ficar sozinha. “Não acredito em contos de fadas”, ela dizia. “Esse negócio de pessoa certa é balela. Tá todo mundo querendo se divertir, ninguém quer ficar de verdade, então, nem eu.”

Virar as costas era tão mais fácil que ela pegou prática.

É claro que ela perdeu muitos caras extraordinários, permitiu que eles partissem, e, “pior”, nem se arrependeu. Se virava bem. Ela estava exatamente onde queria estar.

Todas as amigas desesperadas para namorar, e ela? Ela, ainda, sem nenhuma ruga de preocupação.

Mas a gente sabe que surpresas acontecem, brotam, nascem, o caem do céu, ainda não sei bem.

Então, uma noite dessas, antes que ela pudesse terminar um sorriso, ele apareceu. A princípio, ela pensou, “nada demais”, aos poucos, porém, a aproximação foi ficando intensa, e ela? Nada entendia.

Naquele momento, só sentia. Hora ou outra, aparece alguém assim. Alguém que faz com que a gente olhe para dentro e pergunte-se: por que não?

o frio na barriga que invade, o medo que confunde, e as sensações, únicas, que já estavam adormecidas, de repente (amo essa combinação), despertam. Um misto. Quente. Com aroma, mãos e coração.

“E aí? Entrego as chaves ou tranco a porta (de novo)?”

Anúncios

Oi Sistema Nervoso Central

mulher-ansiosa

Querido Sistema Nervoso Central, acho que a gente bem que precisa de uma conversa séria! Eu já conversei com todos os outros, mas você parece ser o único a não me obedecer tim-tim por tim-tim! Gentileza fazer o favor de aceitar o que eu quero sem crises de enxaqueca e insônia! Eu já descobri quais são as suas artimanhas, e como quer me levar ao neurologista por isso!! ¬¬

Acho que precisamos trabalhar em conjunto! Abstrair o que não é necessário para eu ter dias tranquilos e floridos! E não são essas florzinhas de livros de colorir não! Isso não funciona comigo, ou com você, sei lá!! Só sei que eu já te conheço o suficiente pra saber quando me pune por alguma coisa! Estamos entendidos?! Sem joguinhos! E sem remédios para ansiedade! Aguardo uma ótima noite de sono!

Com carinho, sua maluquinha! ;*

Pequenas Grandes Coisas

pequenas grandes coisasO amor se cultiva com pequenas coisas. Uma mensagem de “bom dia” ou de “boa noite”. Um carinho no cabelo ou beijo na testa. Um cheiro no cangote quando você menos esperava. A troca de olhares. Saber o que o outro está pensando como se lesse o balãozinho bem acima da sua cabeça. Não aumentar o tom de voz. Se aumentar, diminuir. Evitar grosserias. E palavrões.
Dormir abraçado com barulho de chuva. Dividir o cobertor. Ou o mesmo travesseiro. Dar colo e fazer dormir. Dar o colo para enxugar as lágrimas. Escutar o desabafo do outro. Escutar e escutar. Sempre escutar. Dizer o que pensa com cautela. Não deixar de dizer o que pensa. Não sentir medo. E mais uma vez, ouvir o outro. E assim, continuar.
Lembrar de levar o casaco. Emprestar o guarda-chuva. Abraçar e correr junto na tempestade. Vale para tempestades que acontecem na vida também. Abraçar os problemas. E as soluções. Não levantar a placa de “eu avisei”. Entender os erros. Ensinar a não cometer os mesmos erros. E assim, prosseguir.
Ceder. Deixar o passado de lado e ceder. Viver o presente. Rir muito junto. Lembrar sempre das piadas bobas que fazem o outro sorrir. Conta-las quantas vezes for preciso. Não medir esforços para abrir um sorriso. Parar com os joguinhos. Entender que eles não levam a nada. Dar prioridade a sinceridade. Gostar sem medo. Poder se mostrar inseguro. E assim, prosseguir. Juntos. O Amor se cultiva com pequenas coisas. Ele é realmente muito simples: você só precisa regar.

Extraído na íntegra do blog Chata de Galocha.

Quando o amor fala mais alto…

Que sou eu? Se não o amor.

Quem sou eu, sem essa dor.

A dor que nasce, cresce, mas não morre se eu não quiser!

Ela te destrói só se você deixar!

Eis que me imponho! Sou mais forte que ti

Pode vir, eu não preciso desviar

Já aprendi uma vez, agora suas artimanhas não me enganarão.

Olá dor, eu conheço seu jogo

E olha só, sei como jogar…

Você pode tentar me ferir,

Já tenho até algumas marcas suas,

Mas o melhor de tudo é que você é o que eu deixar

Se fores nada, nada serás!

Se fores tudo, me entregarei ao pesadelo,

Mas quem disse que eu sou de me entregar?

Você vem e eu te moldo

Te faço do meu jeito

Te ponho em seu lugar!

O amor que sou, é o amor que sentirás!

gkunzt-l

22 coisas que pessoas felizes fazem diferente

Existem dois tipos de pessoas no mundo: aquelas que escolhem ser felizes e aquelas que optam por ser infelizes. Ao contrário da crença popular, a felicidade não vem da fama, da fortuna ou de bens materiais. Ela vem de dentro. A pessoa mais rica do mundo pode estar miseravelmente infeliz, enquanto um sem-teto pode estar sorrindo e contente com a sua vida. As pessoas felizes o são porque se fazem felizes. Elas têm uma visão positiva da vida e permanecem em paz com elas mesmas. 

rain-cute-girl-happy-smile-favim-com-543942[1]

A questão é: como elas fazem isso?

É muito simples. As pessoas felizes têm  hábitos que melhoram suas vidas e se comportam de maneira diferente. Pergunte a uma pessoa feliz e ela vai dizer:

1. Não guarde rancor.
As pessoas felizes entendem que é melhor perdoar e esquecer que deixar que sentimentos negativos as dominem. Guardar rancor é prejudicial e pode causar depressão, ansiedade e estresse. Por que deixar que uma ofensa de alguém exerça algum poder sobre você? Se você esquecer os seus rancores, vai ganhar uma consciência clara e energia suficiente para apreciar as coisas boas da vida.

 2. Trate a todos com bondade.

Você sabia que foi cientificamente provado que ser gentil faz você feliz? Ser altruísta faz seu cérebro produzir serotonina, um hormônio que diminui a tensão e eleva o seu espírito. Tratar as pessoas com amor, dignidade e respeito permite que você construa relacionamentos mais fortes.

3. Veja os problemas como desafios. 

A palavra “problema” não faz parte do vocabulário de uma pessoa feliz. Um problema, na maioria das vezes, é visto como uma desvantagem, uma luta ou uma situação difícil. Mas quando encarado como um desafio, pode se transformar em algo positivo, como uma oportunidade. Sempre que você enfrentar um obstáculo, pense-o um desafio.

4. Expresse gratidão pelo que já tem.

Há um ditado popular que diz: “As pessoas mais felizes não têm o melhor de tudo, elas fazem o melhor de tudo com o que elas têm.” Você terá um sentido mais profundo de contentamento se contar suas bênçãos em vez de ansiar pelo que você não tem .

5. Sonhe grande.

As pessoas que têm o hábito de sonhar grande são mais propensas a realizar seus objetivos que aquelas que não o fazem. Se você se atreve a sonhar grande, sua mente vai assumir uma atitude focada e positiva.

6. Não se preocupe com as pequenas coisas.

As pessoas felizes se perguntam: “Será que este problema terá a mesma importância daqui a um ano?” Elas entendem que a vida é muito curta para se preocupar com situações triviais. Deixar os problemas rolarem à sua volta vai, definitivamente, deixar você à vontade para desfrutar de coisas mais importantes.

7. Fale bem dos outros.

Ser bom é melhor que ser mau. Fofocar pode até ser divertido, mas, geralmente, deixa você se sentindo culpado e ressentido. Dizer coisas agradáveis sobre as pessoas leva você a pensar positivo e a não se preocupar em julgá-las.

8. Não procure culpados.

Pessoas felizes não culpam os outros por seus próprios fracassos. Em vez disso, elas assumem seus erros e, ao fazê-lo, mudar para melhor.

9. Viva o presente.

Pessoas felizes não vivem do passado ou se preocupam com o futuro. Elas saboreiam o presente. Se envolvem em tudo o que está fazendo no momento. Param e cheiram as rosas.

10. Acorde no mesmo horário todos os dias.

Você já reparou que muitas pessoas bem-sucedidas tendem a ser madrugadores? Acordar no mesmo horário estabiliza o seu metabolismo, aumenta a produtividade e nos coloca em um estado calmo e centrado.

11. Não se compare aos outros.

Todos têm seu próprio ritmo. Então, por que se comparar aos outros? Pensar ser melhor que outra pessoa leva a um sentimento de superioridade não muito saudável e, se pensar o contrário, acabará se sentindo inferior. Então, concentre-se em seu próprio progresso.

12. Escolha seus amigos sabiamente. 

A miséria adora companhia. Por isso, é importante cercar-se de pessoas otimistas que vão incentivá-lo a atingir seus objetivos. Quanto mais energia positiva em torno de você, melhor vai se sentir.

13. Não busque a aprovação dos outros.

As pessoas felizes não importam com o que os outros pensam delas. Seguem seus próprios corações, sem deixar os pessimistas desencorajá-los, e entendem que é impossível agradar a todos. Escute o que as pessoas têm a dizer, mas nunca busque a aprovação de ninguém.

14. Aproveite seu tempo para ouvir.

Fale menos, ouça mais. Escutar mantém a mente aberta. Quanto mais você ouve, mais conteúdo você absorve.

15. Cultive relacionamentos sociais.

Uma pessoa só é uma pessoa infeliz. Pessoas felizes entendem o quão importante é ter relações fortes e saudáveis. Sempre tenha tempo para encontrar e falar com sua família e amigos.

16. Medite.

Ficar no silêncio ajuda você a encontrar sua paz interior. Você não tem que ser um mestre zen para alcançar a meditação. As pessoas felizes sabem como silenciar suas mentes, em qualquer hora e lugar, para se acalmar.

17. Coma bem.

Tudo o que você come afeta diretamente a capacidade de seu corpo produzir hormônios, o que vai definir seu humor, energia e enfoque mental. Certifique-se de comer alimentos que vão manter seu corpo saudável e em boa forma e sua mente mais tranquila.

18. Faça exercícios.

Estudos têm mostrado que o exercício aumenta os níveis de felicidade e autoestima e produz a sensação de autorrealização.

19. Viva com o que é realmente importante. 

As pessoas felizes mantêm poucas coisas ao seu redor porque elas sabem que excessos as deixam sobrecarregadas e estressadas. Estudos concluíram que os europeus são muito mais felizes que os americanos, porque eles vivem em casas menores, dirigem carros mais simples e possuem menos itens.

20. Diga a verdade. 

Mentir corrói a sua autoestima e o torna antipático. A verdade sempre liberta. Ser honesto melhora sua saúde mental e faz com que os outros tenham mais confiança em você. Seja sempre verdadeiro e nunca se desculpe por isso.

 21. Estabeleça o controle pessoal.

As pessoas felizes têm a capacidade de escolher seus próprios destinos. Elas não deixam os outros dizerem como devem viver suas vidas. Estar no controle completo de sua própria vida traz sentimentos positivos e aumenta a autoestima.

22. Aceite o que não pode ser alterado. 

Depois de aceitar o fato de que a vida não é justa, você vai estar mais em paz com você mesmo. Portanto, concentre-se apenas no que você pode controlar e mudar para melhor.

Essa é uma tradução do texto da Chiara Fucarino.

Tag: Com a música no Rádio!

Hey Girls!! Fui indicada pelo Blog Colentando Anil para responder a Tag: Com a música no Rádio! Valeu pela indicação, é com muito carinho que respondo todas as perguntinhas *—* Adorei isso viu!

Mania de Lady tag musica

A tag foi criada inicialmente pela Natália do blog com a música na rádio. Agr vamos ao que interessa!

A regras para quem quiser responder são as seguintes:
– Responder as perguntas.
– Indicar os blogs e citar o que te indicou (ou onde viu).
– Você pode responder tanto escrito quanto em vídeo.
– Qualquer um pode responder. É só copiar as perguntas, responder e dizer (com um link) onde viu a Tag.

1 – Qual seu estilo musical?

Acho difícil responder essa pergunta, pois eu gosto de ouvir música boa, e sendo boa, eu abro mão de não gostar totalmente do estilo! No geral é POP e PopRock! O que não exclui que eu ouça um MPB de vez em quando e me amarre *-*

2 – Cite 5 cantores que você curte. Porquê?

Ahsuahsua Como a minha veia pulsa sangue POP, lá vai: Demi Lovato, Katy Perry, Beyoncé, Pitty, Bruno Mars! Tirando a Pitty, só sobra internacional né!

Mas Pitty é Pitty, e agora que ela veio de novo com a banda estou amando e merece estar entres os Pops!! Meu rockzinho nacional ♥

3 – Você é fã de algum cantor (a)?

Jà fui, já colecionei posters… Mas agora cresci e invisto meu dinheiro em Whey Protein kkkkkk. Tá, falando sério, fã de fããã mesmo não. Mas gosto de parar pra ver as entrevistas recentes de alguns cantores e bandas, e também rever inúmeras vezes suas apresentações em algum tipo de premiação! E são vááários!

4 – Você tem costume de ouvir rádio? Qual?

Sim, Joven Pan!

5 – Uma música melancólica

Não sei bem se encaixa como melancólica, mas sempre que eu ouço ela dá um aperto no meu peito t.t

Avril Lavigne – Let Me Go ft. Chad Kroeger – YouTube

6 – Uma música alegre.

Katy Perry – Teenage Dream

7 – A música preferida

Eu não tenho uma música preferida! Eu tenho uma música preferida no momento, que quase sempre é o toque do meu smartphone. E no momento é Sete Vidas da Pitty

8 – Uma música pra cantar no chuveiro

Beyoncé – Run The World (Girls). Porque quem manda mesmo??! rsrs

9 – Qual foi o melhor show que você foi?

Vai ser muito humilhante se eu postar aqui KLB e Harmonia do Samba???!?! kkkk #vergonhaalheia

10 – Para você, qual o melhor momento para ouvir músicas?

Tooodos!! Adoro ouvir música pra me concentrar no trabalho, para escrever no blog, pra limpar a casa, pra malhar então, é sem comentários!! Lojas que tem música ambiente me atraem *—*

 

Blogs que indico para responder também:

Blog Uma viagem apaixonante

Blog Mulher Super Fashion

Blog Quarto do Lucas

Bjs ;*